White Papers


Saúde aos olhos dos clientes

Atualmente, as instituições de saúde vivem um impasse entre prestar uma boa assistência e dar conforto aos seus clientes. Com a concorrência cada vez mais acirrada, custos hospitalares elevados e receitas estagnadas (quando não decrescentes), os pequenos e médios hospitais driblam as suas dificuldades a fim de se garantirem no mercado e atraírem novos clientes. 

Garantir uma boa/ótima assistência médica, é óbvio que é fundamental para qualquer instituição de saúde, porém, aos olhos dos clientes, hoje em dia isto não basta. 
Uma hospedagem confortável, com recursos que garantam comodidade e demais itens que façam realmente parecer que o cliente encontra-se em um confortável hotel e não confinado em um hospital, passa a contribuir, e muito, para uma boa assistência. 

Do lado das instituições, é extremamente importante que as equipes estejam engajadas e preparadas para atuar dentro de uma configuração mercadológica hospital/hotel e que saibam como recepcionar, atender e direcionar aqueles que nos procuram, não como pacientes, mas, sim, como clientes que, de fato, são. 

Um bom começo seria a implantação do serviço de “Concierge Hospitalar”, cuja equipe deverá ser capaz de atender seus clientes em suas necessidades, que poderão inclusive contemplar orientações quanto a serviços mais diversos, tais como salões de beleza, restaurantes para acompanhantes, bancos, dentre outros... 

E já que mencionamos os acompanhantes, com certeza não podemos nos esquecer de que temos que tratá-los também como clientes e com a mesma importância, afinal, são peças fundamentais durante o período de tratamento de nossos clientes e, certamente, terão informações de sobra para que se transformem em formadores de opinião sobre o nosso hospital. 

Portanto, na hora de planejar seus orçamentos, priorize, sim, melhorias tecnológicas e recursos em favor da medicina, porém assegure sempre uma considerável fatia deste orçamento para investimentos em estrutura, hotelaria, comodidades, conforto e marketing, pois, dificilmente você terá uma segunda chance de causar a primeira boa impressão, e como diz o velho ditado: “A primeira impressão é a que fica”. 

Comentários

Nenhum comentário enviado, seja o primeiro a nos enviar um comentário

Deixe um Comentário


Parceiros


Business Club Healthcare © 2014 - Todos os direitos reservados